Por que está na hora de você conhecer o shamstep

47-Soul-shamstep

Dois dias antes de 2018 ter início (com o pé direito, eu espero), eu buscava na internet grupos novos em que ficar de olho este ano. Eis que encontro uma materinha do The Guardian e lá estavam eles, o 47Soul.

O quarteto de ascendência palestina diz ser o criador de um gênero musical que eles cunharam de shamstep. Shamstep é uma mistura de música tradicional árabe, como a libanesa dabke, com um elementos eletrônicos, ou, como eles mesmos escrevem em seu site, é o eletro dabke árabe. Não por acaso o nome do primeiro disco da banda é Shamstep (2015) e a música que abre o disco e que você escuta abaixo é Intro to Shamstep.

O 47Soul surgiu em 2013 em Amã (Jordânia) e agora está sediada em Londres. A banda tem como líder o superengajado, polivalente e “globalizado” Ramzy Suleiman. O cara, que também adota o codinome Z the People, é produtor, cantor e tecladista – por sinal, ele aprendeu na Palestina as escalas musicais diferenciadas usadas em músicas árabes. Dá pra conhecer um pouco do trabalho solo dele neste link. A minha favorita é Hollywood.

O cofundador do grupo e grande parceiro é o rapper Tareq Abu Kwaik (algumas das músicas que você vai ouvir no link acima tem a participação dele), também conhecido como El Far3i.

Não é preciso dizer que eles ganharam a juventude árabe por reinterpretar o tradicional dabke (que também é uma dança de rua), dando a ele uma cara contemporânea, século 21. As músicas são cantadas em inglês e árabe e falam de liberdade, igualdade e criticam as barreiras impostas pela ideologia e pela geografia.

“Quando eu era menor, a palavra Palestina ou palestino não era usada pelos meios de comunicação, exceto em frases como terrorista. Agora vemos a mesma coisa com acontecendo com a palavra árabe ou Oriente Médio, o que é irônico, porque, de muitas maneiras, somos as principais vítimas do terrorismo de Israel, da Europa, da América e mesmo da nossa região.” – Z The People para a Vice.

O 47Soul está prestes a lançar um segundo disco, previsto para fevereiro. Falo dele assim que ele chegar ao mercado.

Você ouve Intro to Shamstep, Mo Light e Every Land.

 

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s