A nova voz do soul vem do Porto

marta-ren-soul

Guarde este nome: Marta Ren. Ouvi a moça pela primeira vez uns dois anos atrás, quando li umas poucas linhas sobre ela em meio a uma reportagem sobre soul. Busquei no YouTube e me apaixonei.

Marta Ren é portuguesa do Porto. Circula pela cena musical portuguesa desde meados dos anos 90, em bandas como a Sloppy Joe, grupo de ska e reggae o qual fundou; a Bombazines, que focava no funk progressivo; e a Funkalicious, grupo que também ajudou a fundar e que era conhecido pelos covers que fazia de clássicos do funk.

Alma inquieta, Marta Ren tinha como verdeira paixão o soul, que ela diz ouvir, por influência dos pais, desde criança. Em 2012, ela decide se lançar em carreira solo, focando unicamente o soul – clássico, vintage soul, diga-se.  Lança um single, Summer’s Gone, que você ouve abaixo e pronto: explode. A música dela estava em um monte de rádios e programas europeus, da Rai italiana ao Craig Charles Funk and Soul Show, da BB6. O legal é que o single foi todo gravado do mesmo modo que se fazia nos anos 60, com microfones, gravadores antigões e com o som masterizado em fita.

Para encarar o soul clássico, ela precisava de uma banda poderosa. Juntou 8 amigos no Porto e montou a Groovelvets, a banda que a acompanha até hoje.

O primeiro disco (e único, até agora) só veio em 2016 –  Stop, Look, Listen, também gravado todo com método old-school.

Você ouve I’m Not Your Regular Woman, segundo single lançado por Marta; So Long, que está no disco; e o primeiro single da cantora.

 

 

 

 

 

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s