Marika Hackman: ex-modelo se recusa a ser um rosto bonito com uma guitarra na mão

Até não muitos anos atrás, era relativamente fácil encontrar algum outdoor na Europa que estampava a modelo Marika Hackman ou vê-la desfilando nas passarelas para a Burberry.  Mas o mundo fashion não era a cara de Marika.

Nascida em Hampshire, na Inglaterra, Marika nunca se viu exatamente como modelo e resolveu encarar integralmente a vocação musical. “Eu nunca fui modelo. Eu fico esquisita na frente da câmera”, disse ela ao jornal The Guardian.

Ela debutou como cantora e compositora de fato em 2015. O álbum We Sleep At Last recebeu críticas pra lá de favoráveis. Os críticos chegaram a ver no trabalho de Marika referências à sua mentora, a também britânica Laura Marling.

De lá para cá, o som de Marika evoluiu. Se no primeiro álbum ela tinha uma pegada meio folk (alt-folk, eu diria), em I’m Not Your Man, seu mais recente disco, lançado em junho de 2017, está mais para o pop-rock pesadão.

“O álbum fala de relações femininas, romance, rompimentos. I’m Not Your Man significa ‘Eu não sou seu homem, eu sou a sua milher’ mas também ‘Eu não faço parte disso’ ” – para a Sub Pop

A arte final do disco é do artista britânico Tristan Piggott, cuja obra tem como referência as mídias sociais e o narcisismo social. Piggot já expôs em diversas galerias.

Você ouve Ophelia, música que faz parte do primeiro disco da cantora, e Boyfriend, que está no em I’m Not Your Man.

 

 

 

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s