Spoek Mathambo: o cara que levou a música da África do Sul para o século 22

Spoek-Mathambo

Se tudo o que você conhece da música sul-africana é Miriam Makeba, Hugh Masekela e Dave Matthews, eu recomendo que você ouça o som de Spoek Mathambo.

Spoek é um cara múltiplo: é produtor, cantor, instrumentista, curador, film-maker. Mais do que isso: ele é o líder de um movimento que jogou a cena musical eletrônica da África do Sul no século 22. Ele é também o pai de vários projetos, entre eles o coletivo Fantasma, e o trio Batuk, que conta, além de Spoek, com Aero Manyelo e Manteiga.

Pra começo de conversa, os sets de Spoek nos clubes locais, diz Clyde Macfarlane ao The Guardian, preenchem as lacunas que existem entre música, dança, teatro e cinema. O som dele é uma mistura de gêneros única. Tão única que ele inventou um nome para isso: township tech – fusão de dub-step, rock, hip-hop, tecno, eletro, reggae, post-punk, EDM (eletronic dance music). Foi exatamente essa salada mista de gêneros musicais e ritmos que retransformou a eletrônica sul-africana e influenciou toda uma geração de novos músicos a dar um passo além.

Township tech é tema de documentário

O township tech é o tema do documentário Future Sounds of Mzansi, que ele dirigiu com o parceiro Lebo Rasethaba. Um parênteses: mzansi é gíria de baixo calão para África do Sul.

“Mzansi é mais do que uma palavra xhosa para a nossa nação. É uma gíria de baixo calão sul-africana para um monte de pessoas. Eu quis usar uma palavra que descrevesse a África do Sul que fosse nossa e não um termo inglês. O documentário somos nós, sul-africanos, contando as nossas próprias histórias.” – para o The Guardian.

O filme, que você poderá assistir abaixo, explora o passado, o presente e o futuro da cena  eletrônica sul-africana.

Mas antes você fica com 3 músicas do esquisitão e genial Spoek Mathambo. The Montain e I Found You fazem parte do recém-lançado disco (em abril de 2017) Mzambi Beat Code. Stuck Together está no álbum Father Creeper (2012).

https://www.youtube.com/watch?v=zi2pgsgOTDo

 

 

 

 

Eis o documentário, em 3 partes:

 

 

 

 

 

 

Advertisements

2 thoughts on “Spoek Mathambo: o cara que levou a música da África do Sul para o século 22

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s