A reinvenção do trip-hop de Bristol

bristol-marc-collin

Mais um projeto solo do francês Marc Collin, co-fundador do Nouvelle Vague. Desta vez, uma homenagem a Bristol, a capital do trip-hop. No inicinho dos anos 90, Bristol registrava uma verdadeira ebulição de novas bandas e produtores dedicados ao gênero, entre eles Massive Attack, Tricky e Portishead.

Collin sempre foi fã dos sons nascidos na cidade. Em 2015, montou uma banda (também de nome Bristol), convidou cantoras, algumas das quais já cantavam com o Nouvelle, e fez uma releitura de alguns dos clássicos da época. A ideia de Collin foi dar novos arranjos para as músicas, a fim de fazê-las parecer trilhas sonoras de filmes dos anos 60.

Você escuta a reinterpretação de três canções: Roads, do Portishead; Mad About You, do Hooverphonic; e Woman, de Neneh Cherry. Também selecionei as originais, para que você possa compará-las.

 

 

 

 

E as originais:

 

 

 

 

 

 

Advertisements

One thought on “A reinvenção do trip-hop de Bristol

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s