O fusion arrebatador do Viaje a un Minúsculo Planeta

viaje-a-un-minusculo-planeta

Percussão, guitarra, cordas, teclado, sopros. Reúna tudo isso, introduza um pouco de jazz, um pouco de clássico e um pouco de rock e você terá (mais ou menos, evidentemente) o trabalho do VMP, ou Viaje a un Minúsculo Planeta.

A banda argentina, natural de Córdoba, é formada pelos amigos Julián Barbieri, no piano; Santiago Viale, no baixo; e Simón Beaulieu, na bateria. Os rapazes eram colegas de faculdade (faziam o curso de Composição e Educação Musical) e resolveram dar voos mais altos. O primeiro trabalho, o EP Danza de Paraguas, foi produzido em 2011. No ano seguinte, chegaram ao primeiro álbum: Viaje a un Minúsculo Planeta. As músicas do disco foram usadas no documentário Detrás del Oficio, ganhador de um concurso no país. A banda ainda lançaria mais disco: Cartografías (2014).

Sesiones del Viaje (2016) é o projeto mais recente do grupo, o qual eu sugiro abaixo. Eles fizeram uma releitura de algumas das canções dos álbuns anteriores, convidaram alguns artistas, entre eles cantores e um quarteto de cordas, orquestraram as canções e filmaram tudo. Nos shows, além de tocar ao vivo, exibem os vídeos.

“O projeto nasceu da necessidade de construirmos um espaço para a música instrumental. Fomos dando personalidade e identidade a um gênero bastante complicado, como é a música instrumental.”

 

 

 

 

 

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s