3 cantoras cubanas que você provavelmente não conhece

Danay-Suarez-creditos:divulgação

A música contemporânea cubana não para de dar frutos. Confira três cantoras da nova geração musical.

1.Danay Suárez –  Danay é tida como um dos maiores expoentes do que, em Cuba, vem sendo chamado de hip-hop consciente feminino. Mas ela não se considera como tal. Diz que o hip-hop foi apenas a porta de entrada na música e que encara outros ritmos com tranquilidade. O que ela gosta mesmo é de cantar. A cubana acaba de lançar o segundo álbum, Palabras Manuales, que tem a participação de Stephen Marley, que canta pela primeira vez em espanhol.

“Yo sé que uno se puede equivocar como un ser humano normal                                                       que tiene mucho valor que te perdonen pero más perdonar                                                               que no se puede pisotear la palabra                                                                                                                 pisotear la moral                                                                                                                                                   que el amor no basta cuando el respeto no alcanza”

 

 

 

2.Yusa – Nascida no bairro de Buena Vista, em Havana, Yusa talvez seja, das três que apresento hoje, a mais experiente. Com cinco álbums lançados e um a caminho, previsto para ser lançado em 2017, a cantora e compositora, que vem enveredando para o jazz, toca três instrumentos: contrabaixo, piano e violão.

 

 

 

Telmary –  Telmary também não é novata. Pelo contrário. Foi membro de um dos coletivos mais importantes da cena cubana (do qual Yusa também faz parte): o Interativo. Telmary recusa o título de rapper. Diz que está mais para “jazz-poeta” (a ideia por trás do jazz-poetry, ou poema-jazz,  é improvisar poesia acompanhada de jazz).

Agora vivendo em Toronto (Canadá), Telmary tem quatro discos lançados. A Diário, cuja música Que Equivocao você ouve abaixo, foi produzido por Roberto Carcassés e Yusa e contou com a participação dos famosos Los Van Lan e da banda espanhola Ojos de Brujo. A Diário recebeu o prêmio de melhor album de hip-hop de 2007 no Prêmio Cubadisco.

 

 

 

 

 

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s